Ultimas Postagens
recent

Miss Brasil encontrada morta deixou bilhetes com orientações à família

Fabiane Niclotti escreveu algumas recomendações para familiares e amigos.
Nos bilhetes, a miss indica destinos de carro, cachorro e detalhes de velório



Antes de morrer, a Miss Brasil 2004 Fabiane Niclotti, de 31 anos, deixou recomendações escritas à família. Conforme o delegado Gustavo Barcellos, que investiga o caso, Fabiane escreveu bilhetes com instruções que gostaria que fossem atendidas, como o destino do seu cachorro, do carro e também do seu velório, ocorrido no final da tarde de quarta-feira (29). Ela foi encontrada morta na noite de terça-feira (28), em sua cama em Gramado, na Serra do Rio Grande do Sul.
Na manhã desta quinta-feira (30), ele ouviu dois amigos íntimos da miss. Segundo ele, os depoimentos reforçam a tese de que ela estava com depressão e confirmam que ela vinha anunciando que não pretendia mais viver.“O irmão dela encontrou uns bilhetes dando recomendações. Neles, ela indica com quem deve ficar o cachorro, que o carro deve ser vendido, também diz que gostaria de um funeral reservado. São escritos com as últimas vontades delas, recomendações à família e amigos”, diz o delegado Barcellos.

'Inacreditável', diz missólogo preparador de Fabiane
O delegado Barcellos, que trata o caso como suicídio, conta que uma série de fatores levaram Fabiane a praticar o ato. “Uma amiga disse ela sentia um peso pela questão de ter sido miss. Que a Fabiane acreditava que as pessoas se aproximavam dela por ter sido miss, e não por aquilo que ela era. Outras questões, de ordem pessoal e familiar, também contribuíram”, relata o investigador.
A morte de Fabiane Niclotti pegou de surpresa o missólogo Evandro Hazzy, que conheceu a miss Brasil em 2003, quando começou a acompanhar sua carreira.
Missólogo Evandro Hazzy prepara miss Fabiane desde 2003 (Foto: Reprodução/Facebook)Missólogo Evandro Hazzy preparava miss Fabiane
desde 2003 (Foto: Reprodução/Facebook)
"É inacreditável o que aconteceu. Todo ser humano tem altos e baixos, mas ela nunca, nunca transparecia tristeza", lamenta Hazzy, que há um mês ele não via Fabiane. "Nos encontramos em uma festa em Porto Alegre há um mês. Ela estava chegando e eu saindo. Ela estava lindíssima".
Ao G1, Hazzy revela não teve condições de ir ao velório e enterro da miss, ocorrido nesta quarta-feira (29). "Estou sob efeito de remédios. Não tenho cabeça para ir. Tentei ligar para o irmão, mas não consegui contato. Vou guardar lembranças maravilhosas dela."
Fabiane Niclotti foi eleita Miss Rio Grande do Sul em 2003. No ano seguinte, conquistou a coroa de Miss Brasil. No mesmo ano, disputou o Miss Universo 2004, mas não se classificou entre as semifinalistas.
Misses lamentam morte
A morte da miss causou comoção entre familiares, amigos e pessoas próximas a modelo, além de outras misses brasileiras. Fabiane será lembrada como uma pessoa simpática, atenciosa e divertida, além de bela.
A atual detentora da coroa, Marthina Brandt, 24 anos, contou ao G1 que recebeu a notícia ainda na madrugada desta quarta (29), por um amigo em comum, e foi surpreendida. A Miss Brasil 2015 fez elogios à Fabiane e diz ter boas lembranças dos eventos que frequentaram juntas.
Miss Brasil de 2004, Fabiane Niclotti foi encontrada morta em casa (Foto: Reprodução/Facebook)Miss Brasil 2004 Fabiane Niclotti foi encontrada
morta em casa (Foto: Reprodução/Facebook)
"Fiquei muito triste, ela era uma pessoa que eu admirava muito. A cada ano ficava mais linda ainda. Sempre sorridente, muito elegante", afirmou Marthina, que está se preparando para passar a faixa adiante. Ela diz que esperava reencontrar Fabiane na final do concurso Miss Rio Grande do Sul, que acontece no dia 16 de julho em Novo Hamburgo.
"Todo mundo está bem chocado. Muitas pessoas me enviaram mensagens dizendo que não estavam acreditando. Até agora não assimilei. O Miss Rio Grande do Sul acontece em menos de um mês e eu esperava revê-la, como no ano passado", comenta.
A notícia também surpreendeu Rafaela Zanella, 29 anos, que conquistou os títulos de miss Rio Grande do Sul e miss Brasil dois anos após Fabiane, e hoje é médica.
“Ela era pessoa extremamente alegre, alto astral, divertida. E na minha opinião, uma das misses mais bonitas que o Rio Grande do Sul já teve. Estava sempre bem vestida”, disse Rafaela. “Era alguém em quem eu me espelhava bastante em concursos de beleza”, completou.
Tiago Ferreira

Tiago Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.