Ultimas Postagens
recent

Ibope: Russomanno (PRB) lidera disputa pela Prefeitura de São Paulo com 26%



Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (21) mostrou que Celso Russomanno, deputado federal e pré-candidato pelo PRB, lidera a corrida eleitoral pela Prefeitura de São Paulo. Ele tem 26% das intenções de voto.
Russomanno tem um processo contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal) que pode torná-lo "ficha-suja" e inviabilizar sua entrada na disputa pela prefeitura.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já se manifestou favorável à condenação por peculato (desvio de dinheiro público) do deputado federal. A defesa do parlamentar alega que ele é inocente. Se a Corte Suprema acatar suas considerações até agosto, prazo para registro das candidaturas, Russomanno não poderá se candidatar nas eleições de 2016.
Segundo o advogado do pré-candidato, Russomanno disse se sentir mal com a condenação, mesmo sabendo ser inocente. "Sentei com o Celso, e a gente estava preocupado com a candidatura. Ele reafirmou a inocência e me disse: 'Como homem público me sinto mal. Queria devolver e mostrar minha boa fé.'"
O segundo lugar na pesquisa Ibope está embolado entre oito pré-candidatos. Russomanno é seguido pela senadora Marta Suplicy (PMDB), que tem 10%, pela deputada Luiza Erundina (PSOL), que tem 8%, pelo atual prefeito, Fernando Haddad (PT), com 7%, e pelo empresário e pré-candidato do PSDB, João Doria, com 6%. O vereador Andrea Matarazzo (PSD) e o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC) têm 4% cada um. O Delegado Olim (PP) está com 3%; o Major Olímpio (SD) e Roberto Trípoli (PV) alcançaram 2%.
Todos estão tecnicamente empatados, por conta da margem de erro de quatro pontos percentuais, para cima ou para baixo. 
Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções que definirão os candidatos à prefeitura. Já o prazo final para confirmar que o escolhido disputará efetivamente o cargo é o dia 20 de agosto. Pelo menos dois candidatos que estão presentes no levantamento já desistiram da disputa: os partidos de Laércio Benko e Denise Abreu já anunciaram apoio a Doria.
A pesquisa foi encomendada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e realizada entre os dias 16 e 19 de junho.


Veja a lista completa:
Celso Russomanno (PRB) - 26
Marta Suplicy (PMDB) - 10
Luiza Erundina (PSOL) - 8
Fernando Haddad (PT) - 7
João Doria (PSDB) - 6
Andrea Matarazzo (PSD) - 4
Marco Feliciano (PSC) - 4
Delegado Olim (PP) - 3
Major Olímpio (SD) - 2
Roberto Trípoli (PV) - 2
Laércio Benko (PHS) - 1
Levy Fidelix (PRTB) - 1
Denise Abreu (PMB), Marlene Campos Machado (PTB) e Ricardo Young (Rede) não pontuaram
Brancos/nulos - 21
Não sabe/não respondeu - 5

Cenário mais provável

Em um segundo cenário com menos candidatos, Russomanno está na frente da disputa, com 34%. Marta tem 13%, Erundina fez 9%, Haddad e Doria tiveram 8% e Matarazzo, 6%. Brancos e nulos somaram 20%; 2% dos entrevistados não sabiam ou não responderam.
Na resposta espontânea, em que o entrevistador não indica nenhum nome, Haddad teve 5%, enquanto Russomanno fez 4%. Neste quesito, 54% disseram não saber em quem votar.
A pesquisa também avaliou a rejeição aos candidatos. Haddad teve o índice mais alto, com 46% respondendo que não votariam nele. Marta apareceu com 42%; Feliciano, 31%; Erundina, 29%; Fidelix, 24%; Russomanno, 22%; Olim, 11%; Doria, Olímpio e Marlene, 10%; Trípoli, 9%; Matarazzo, 8%; Benko, Abreu e Young, 7%; 1% pode votar em todos; 6% não sabiam ou não responderam.
Sobre a atual gestão na Prefeitura de São Paulo, Haddad teve 55% de avaliação entre ruim e péssima (os números podem somar mais de 100% por conta dos arredondamentos):
Avaliação da gestão Haddad:
Ruim/péssima - 55%
Regular - 33%
Ótima/boa - 12%
Não sabe/não respondeu - 1% 
Aprovação da gestão Haddad:
73% desaprovam
22% aprovam
Não sabe/não respondeu - 5%

A eleição acontecerá em outubro. O Ibope entrevistou 602 pessoas entre os dias 16 e 19 de junho. A pesquisa foi inscrita na Justiça Eleitoral sob o número SP-00908/2016. O nível de confiança do levantamento é estimado em 95%. O levantamento também mensurou a avaliação dos entrevistados a respeito de medidas de mobilidade adotadas pelo prefeito Fernando Haddad.

Receba notícias de Política pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: +55 (11) 97532-1358 (não esqueça do "+55"); 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: brasil3000.
Tiago Ferreira

Tiago Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.